Economia capixaba cresceu 70% acima da brasileira desde o início da pandemia

by ideale-jornal

No segundo trimestre de 2022, o PIB do Espírito Santo avançou 3,6% com relação aos seis primeiros meses de 2021, apesar da queda de 0,9% no segundo trimestre deste ano com relação ao trimestre anterior

Com o resultado, a economia capixaba avançou 5,2% desde o início da pandemia, ou seja, 73% acima da economia brasileira, que avançou 3% no mesmo período.

O agronegócio teve alta de 2,6% e a indústria uma queda de 3,5%. Com esse resultado, a economia capixaba segue crescendo mais do que a brasileira desde o último trimestre antes da pandemia (4º trimestre de 2019).

Segundo a gerente-executiva do Observatório da Indústria, Marília Silva, existem tanto fatores que dependem da atuação do setor público e privado do Espírito Santo, quanto fatores que independem da nossa atuação. “Olhando para dentro do estado, vemos contribuições significativas da indústria de papel e celulose e da construção, que cresceram com consistência nos últimos anos. No cenário internacional, a valorização de commodities foi responsável pelo desempenho de setores como petróleo, gás, mineração e siderurgia”, analisa Marília.

A presidente da Findes, Cris Samorini, avalia que o Espírito Santo ainda tem a economia pautada por setores que participam das cadeias produtivas globais, principalmente aqueles ligados a commodities. “Apesar dessa concentração, enxergamos cada vez mais que o estado tem potencial de diversificar sua matriz econômica”, avalia Cris.

 

Foto: Carlinha Andrade 

Mais notícias

Um novo conceito de informação, esse é o foco principal do Jornal Imobiliário e portal jornalimobiliario.com, jornalismo feito de forma diferente, segmentado e de relevância para o leitor.

Mídia Kit

Baixe nosso mídia kit e anuncie com a gente!

Entre em contato

@2022 – All Right Reserved. Dubai Propaganda.