Governo estuda a possibilidade de liberação de FGTS futuro para o Casa Verde e Amarela

by ideale-jornal

O governo federal está concluindo uma proposta de regulamentação que autoriza os trabalhadores a usarem recursos futuros do FGTS como garantia em financiamentos do Programa Habitacional Casa Verde e Amarela.

A ideia é que o empregado utilize a previsão de recursos que o trabalhador com carteira assinada terá no fundo, caso continue empregado.

O recurso ainda a receber, entraria como previsão de receita no cálculo das prestações do recebedor. Assim, o valor depositado no Fundo, ficaria bloqueado para pagar o financiamento.

Se aprovado, serão necessários cerca de 120 dias até que os bancos consigam operacionalizar a medida, ou seja, os primeiros financiamentos só aconteceriam a partir de 2023.

O secretário nacional de Habitação da pasta, Alfredo Santos, afirma que a iniciativa pode ampliar em até 80 mil o número de unidades financiadas por meio do programa nos primeiros 12 meses a partir da vigência da autorização. Ele ressalta, porém, que os detalhes dependerão do desenho final aprovado pelo Conselho Curador.

Por exemplo, no caso de uma família com renda de R$ 2 mil que comprometa 22% de seus ganhos, é possível obter um financiamento com prestação de R$ 440. Com a autorização do FGTS futuro, essa mesma família poderia assumir uma prestação de R$ 600.

Mais notícias

Um novo conceito de informação, esse é o foco principal do Jornal Imobiliário e portal jornalimobiliario.com, jornalismo feito de forma diferente, segmentado e de relevância para o leitor.

Mídia Kit

Baixe nosso mídia kit e anuncie com a gente!

Entre em contato

@2022 – All Right Reserved. Dubai Propaganda.