Retomada do projeto de duplicação da BR 262 sairá do papel em 2020

by ideale-jornal

A Bancada Capixaba na Câmara Federal se reuniu nesta terça-feira (17), com o Ministro da Infraestrutura Tarcísio Freitas e ajustou a retomada do projeto de duplicação da BR 262 para o ano de 2020. Segundo ele, graças ao reconhecido esforço da Bancada Federal com a respectiva aplicação de recursos orçamentários, em parceria com o Governo Estadual Capixaba, o projeto da BR sairá, definitivamente, do papel.
 

O Ministro destaca que o projeto será ajustado com as observações do Tribunal de Contas da União (TCU) e relicitado para que as obras possam fluir ainda em 2020. A duplicação contempla aproximadamente 7,5 km da BR 262, do trevo de Paraju (Km 49) até Marechal Floriano (Km 56). “Com a união do Executivo com o Legislativo, nós vamos conseguir ver a obra da duplicação novamente acontecendo no ano que vem e vamos entregar este trecho pronto”.
 

Atuante na região atendida pela BR 262, o Deputado Federal Evair de Melo (PP) comemora esse importante passo e ressalta a importância da obra para a infraestrutura logística estadual. O Ministro Tarcísio Freitas também afirma que está atuando no projeto da alça que passará sobre o Rio Jucu para que, com o projeto pronto, a Bancada possa também buscar recursos para a obra.
 

“Ligando Vitória à Ibatiba, a BR-262 é a vitrine do Agroturismo nas montanhas capixabas. Desde 2006, a BR-262 necessita de uma obra que transforme a rodovia em uma estrada segura para a nossa gente, para o escoamento da produção rural e para os turistas. Temos que resolver imediatamente gargalos como a ponte sobre o Rio Jucu e o trevo de Viana, vitais para segurança dos usuários e para a economia da região das montanhas e do Caparaó”, afirma Evair.
 

Essa duplicação tem sido tratada como prioridade no mandato de Evair. Desde 2015 tem realizado diversas ações para vê-la em pelo vapor. Articulou junto à Bancada Federal à inclusão de investimentos no Orçamento Geral da União para viabilizar o prosseguimento da obra de duplicação. Promoveu audiências públicas para discutir os entraves da paralisação da obra, reivindicou ao governo federal que o Exército Brasileiro concluísse a obra nas prioridades das Forças Armadas, constantemente, registrando e denunciando aos órgãos competentes as problemáticas que os usuários da BR enfrentam diariamente.
 

Na assinatura da Ordem de Serviço, Evair cobrou do Ministério dos Transportes prioridade na exigência de implementação dos dispositivos de segurança, previstos no contrato, e que devem ser cumpridos pelo consórcio responsável pela obra, formado pelas empresas Aterpa, Serveng e Maia Melo.

Fonte: evairdemelo.com.br
Foto: Agência Congresso

Mais notícias

Um novo conceito de informação, esse é o foco principal do Jornal Imobiliário e portal jornalimobiliario.com, jornalismo feito de forma diferente, segmentado e de relevância para o leitor.

Mídia Kit

Baixe nosso mídia kit e anuncie com a gente!

Entre em contato

@2022 – All Right Reserved. Dubai Propaganda.