Financiamentos do Bandes ficam mais atrativos com queda da Selic

by ideale-jornal

O Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) decidiu baixar a taxa básica de juros da economia (Selic), chegando a 4,5% ao ano. Com isso, o Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes) reduziu várias de suas linhas de crédito, cada uma das suas respectivas taxas de juros.

Para o diretor-presidente do Bandes, Maurício Cézar Duque, os cortes tornam as linhas de crédito do banco ainda mais atrativas. “Com a nova queda da Selic, nossos programas de financiamento ficam ainda mais competitivos. Com a redução e as mudanças de rumo que estamos fazendo no Estado a esperança é que o ambiente de negócios fique mais propício para investimentos sejam acelerados”, destaca Maurício.

A Selic é a taxa básica de juros da economia e é o principal instrumento de política monetária utilizado pelo Banco Central (BC) para controlar a inflação. Ela influencia todas as taxas de juros do país, como as taxas de juros dos empréstimos, dos financiamentos e das aplicações financeiras.

Os investimentos do Bandes movimentam empreendimentos de todos os portes, com o intuito de promover o crescimento da economia do Estado. A queda da Selic estimula a economia porque juros menores barateiam o crédito e incentivam a produção e, consequentemente, o consumo, resultando em mais emprego e recuperação da economia. As novas taxas começam a ser operadas a partir desta quinta-feira (dia 12).

Fonte: Bandes
https://www.statswatch.com

https://www.swissreplicagoods.com

Mais notícias

Um novo conceito de informação, esse é o foco principal do Jornal Imobiliário e portal jornalimobiliario.com, jornalismo feito de forma diferente, segmentado e de relevância para o leitor.

Mídia Kit

Baixe nosso mídia kit e anuncie com a gente!

Entre em contato

@2022 – All Right Reserved. Dubai Propaganda.